Malha Fina IR 2018: Consultar Receita Federal

A Malha Fina IR 2018 é uma pendências que deve ser evitada. Aqui trataremos de maiores informações sobre a Malha Fina IR 2018 e veremos quando ela ocorra e como pode ser evitada. As pendências relacionadas a tributos podem ocasionar multas altas, portanto, é bom evitar sempre.

Malha Fina IR 2018
Malha Fina IR 2018

O que é Malha Fina IR?

O Imposto de Renda sempre foi um assunto que preocupou a maioria das pessoas físicas e também jurídicas, mas não é à toa, esse assunto está diretamente relacionada às condições fiscais das pessoas e por isso que elas estão evitando pendências perante o órgão responsável.

Entender o que é a malha fina é um passo importante para se evitar esse problema que acaba sendo muito corriqueiro em todo o processo de declaração do IR.

Praticamente todos os anos, temos inúmeros casos de pessoas que acabam caindo na malha fina e saber como evitar isso faz toda diferença. 

Leia e Saiba Mais sobre:
    Restituição Imposto de Renda 2018
    Programa Imposto de Renda 2018

O que é a Malha Fina e Como Evitar?

Veja por que ocorre esse problema e como evitá-lo:

  • A malha fina é considerada uma peneira para os processos de declaração de IR que estão com alguma pendência; 
  • As pendências inviabilizam a restituição do imposto de renda;
  • Esse procedimento acontece quando as declarações são feitas de forma errada ou incompletas; 
  • Para evitar a malha fina é necessário que o contribuinte comece a fazer a sua declaração com antecedência para ter tempo suficiente de separar todas as informações e documentos para finalizar o processo sem nenhuma pendência. 

Recomenda-se atenção na hora de fazer a declaração do Imposto de Renda 2018 para evitar pendências com a Receita Federal.

Para quem não tem disponibilidade de tempo para estar fazendo essa declaração, indica-se a terceirização do serviço através de contadores ou profissionais do ramo.


Consultar Malha Fina IR 2018

Para saber se você caiu ou não na malha fina, basta fazer a consulta diretamente no site da Receita Federal. Esse órgão público é o responsável por receber todas as declarações do Imposto de Renda 2018, tanto de pessoas físicas, como também jurídicas.

Para ser transparente e permitir que os envolvidos tenham acesso às informações sobre a malha fina, o órgão disponibiliza uma consulta para ser realizada diretamente pela internet e de forma rápida e fácil.

Abaixo deixamos as instruções sobre como consultar malha fina IR 2018:

  • Acesse o site da Receita Federal: Clique Aqui
  • Para saber se caiu na malha fina, os contribuintes podem acessar o extrato do IR do Centro Virtual de Atendimento (e-cac);
  • Preencha os dados de acesso: CPF ou CNPJ, Código de Acesso e Senha.
  • Depois consulte as informações sobre a sua declaração;

As informações sobre o Imposto de Renda são atualizadas conforme o ano base, assim que a Receita Federal disponibilizar maiores detalhes sobre o ano de 2018, iremos atualizar.

Também na Receita você regulariza a sua situação. Caso dúvidas ligue para 146 de todo Brasil.

O que é Imposto de Renda 2018? Entenda melhor!

Todos os cidadãos brasileiros com certeza já ouviram muito falar sobre a declaração do Imposto de Renda e você não é diferente, mas será que você sabe realmente o que é Imposto de Renda 2018? Confira todas as informações sobre esse tributo obrigatório nacional e saiba como responder de uma vez por todas a seguinte pergunta: O que é Imposto de Renda 2018?

O que é Imposto de Renda 2018
O que é Imposto de Renda 2018

Acompanhe o post a seguir e descubra o que é imposto de renda 2018!


O que é Imposto de Renda 2018?

De uma forma muito resumida e simples, o Imposto de Renda 2018 é um tributo arrecadado pelo Governo Federal para custear todos investimentos do estado, inclusive os programas sociais e as atividades relacionadas ao bem-estar da população.

Arrecadado uma vez ao ano, o Imposto de Renda pode ser dividido em duas formas:

  • IRPF – Imposto de Renda de Pessoa Física – Qualquer cidadão comum;
  • IRPJ – Imposto de Renda de Pessoa Jurídica – Empresas ou organizações.

De acordo com o regulamento do Imposto de Renda, o valor não será fixo e igualitário a todos. O contribuinte deverá efetuar o seu pagamento de acordo com o sua renda mensal. Sendo assim, quanto mais o cidadão ganhar, mais irá precisar contribuir.

Para o ano de 2018, a Receita Federal que é o órgão responsável pelo tributo, espera mais de 30 milhões de contribuintes. Lembrando que não declaração do desse imposto poderá acarretar grandes problemas ao cidadão. Isso por que a sonegação de imposto é tida como crime!


Do que se trata a tabela do Imposto de Renda?

Todos os anos os valores das alíquotas ( percentual ou valor fixo que será aplicado para o cálculo do valor de um tributo) é modificado de acordo com a inflação do ano anterior e esse novo valor é divulgado em uma tabela oficial.

É através dessa tabela que o cidadão poderá saber se precisa ou não contribuir a partir do seu salário mensal.

Desde o ano de 2017 o valor das alíquotas aumentou cerca de 5% e por isso, muitas pessoas que antes precisavam contribuir, hoje não irão mais precisar. 

Confira um exemplo da tabela do Imposto de Renda para ter uma base:

Porém, não é só pela renda mensal que o cidadão fica sabendo se é necessário ou não declarar o seu Imposto de Renda. Confira no próximo tópico sobre as obrigações e isenções do imposto de Renda.


Quem deve declarar o Imposto de Renda?

Agora que você já sabe o que é Imposto de Renda 2018 e já conhece também sobre a sua tabela, saiba quem deverá declarar.

Deverão pagar o tributo do IRPF os contribuintes que:

  • Receberam rendimentos tributáveis acima de R$ 28.123,91 durante o ano ano base (no caso, o ano de 2017);
  • Pessoas que obtiveram um ganho de posses na transferência de bens ou direitos ou efetuaram operações em bolsas de valores estrangeiras, de artigos ou  assemelhados;
  • Quem recebeu rendimentos isentos, não-tributáveis, cuja soma seja maior que R$ 40 mil no ano de 2017;
  • Cidadãos tiverem a posse de bens, inclusive terrenos, de valor total maior que R$ 300 mil;
  • Trabalhadores que arrecadaram , no ano de 2017, o valor superior a R$ 140.619,55 proveniente das atividades rurais.

No caso do IRPJ, deverão contribuir:

  • Empresas ou organizações de médio ou longo porte com lucros acima de R$20.000,00.

Caso você não se encaixe em alguns desses perfis, automaticamente estará isento do valor cobrado na declaração Imposto de Renda 2018.


Como declarar o Imposto de Renda 2018?

Até o momento não foi divulgados o cronograma da declaração, porém o interessado deverá se manter sempre atento através da internet.

Para realizar o processo de forma correta, existem 3 formas diferentes. Confira a seguir os passos:

Nas duas primeiras formas você deverá visitar o site oficial da Receita Federal ➜ Clicando Aqui 

  • Procure pelo banner IFPR 2018;
  • Clique na opção “Central Virtual de Atendimento – ECAC”;
  • Preencha os seus dados e dê início a sua declaração.

A outra forma é através do programa “Gerador de Declaração” que você poderá baixar no seu computador clicando aqui.

  • Escolha o tipo de processador do seu computador
  • Inicie o download

Para saber o passo a passo da utilização desse programa, clique aqui.

A ultima forma é através do App IRPF disponível para tablets e Smartphones. 

  • Vá até a sua loja de aplicativos;
  • Busque por IRPF;
  • Instale e dê início a sua declaração.

Se o seu caso seja a declaração do IRPJ, é viável que você procure um profissional da área contábil, pois o processo será muito mais complicado e requer muito mais informações.

Agora que você já sabe o que é o imposto de renda? Se ainda ficou com alguma dúvida, deixe um comentário logo a baixo e iremos fazer o possível para solucioná-la. 

IRPJ 2018: Declaração e Restituição

Da mesma forma que as pessoas físicas precisam declarar o seu imposto de renda em 2018, as pessoas jurídicas (empresas) também precisam realizar esse processo. O IRPJ 2018 como é chamado, também é cobrado anualmente e de forma obrigatória. A não declaração do IRPJ 2018 poderá render grandes problemas administrativos aos empresários. 

IRPJ 2018
IRPJ 2018

Atualmente com o auxílio das novas ferramentas de comunicação, como a internet, ficou muito mais fácil ficar por dentro das informações importantes sobre a declaração do IRPJ 2018.

Lembre-se: Estar por dentro das leis é primordial!


Quem precisa declarar o IRPJ 2018?

Apesar de ser um imposto obrigatório para as instituições, existem algumas exceções. Inicialmente o IRPJ 2018 deverá ser pago por todas as organizações que possuam CNPJ – Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica.

Porém, caso a sua empresas seja de micro e pequeno porte podem recorrer a outros tributos com taxas menores, como o exemplo do Simples Nacional, modalidade de recolhimento apropriada para empresas desses determinados perfis. 

Se você precisa declarar, saiba que a alíquota do IRPJ 2018 será de 15% em cima do lucro anual da organização. Em casos de lucros acima de R$20.000,00 além da porcentagem já citada, o contribuinte deverá desembolsar mais 10% sobre a parcela.

Se você preferir, poderá realizar o pagamento Imposto de Renda Pessoa Jurídica também de forma trimestral. Se escolher essa modalidade, deverá pagar nos meses de março, junho e setembro.

Conheça nos próximos tópicos como declarar o seu IRPJ 2018.


Como declarar o IRPJ 2018?

Diferentemente do IRPF 2018, o processo de declaração do IRPJ 2018 é bem mais complicado, pois requer uma quantidade muito maior de informações e documentos. 

Caso você seja um inciante dessa prática, nós recomendamos que procure um profissional da área contábil. 

Erros ou informações incompletas na declaração poderão lhe colocar em sério problemas com a Receita Federal.

Caso você esteja seguro para realizar a sua declaração do IRPJ 2018 por si só, acesso o site da Receita Federal  e realize através do próprio site ou utilizando o programa para computadores oferecido pelo órgão. 

Ainda no site da Receita Federal, você poderá acompanhar os lançamentos das suas informações através do acesso a cópia do seu IRPJ 2018. Para consultar o seu IRPJ clique aqui.


Como Pessoas Jurídicas Inativas Declaram o seu IRPJ ?

O termo “Inativo” Corresponde a empresas que não efetivaram suas atividades operacionais e financeiras. Confira o passo a passo para realizar a declaração do Imposto de Renda Pessoa Jurídica 2018 de empresas nessa situação:

  • Acesse o site da Receita Federal ;
  • Em seguida preencha o seu CNPJ;
  • CPF do responsável pelo CNPJ;
  • Código de Segurança;
  • Clique em “Confirmar”.

Pronto! Com alguns clique poderá começar a declaração 2018 da sua empresa inativa.


Restituição IRPJ 2018

Caso o contribuinte pague um tributo indevido ou acima do necessário, terá direito a solicitar a sua restituição. Trata-se da devolução do valor indevido acrescido de juros.

Os saldos poderão ser restituídos pelo programa Programa PER/DCOMP nas eventualidades a seguir:

  • De apuração anual, a partir de janeiro do ano-calendário subsequente ao do encerramento do período de apuração;
  •  De apuração trimestral, a partir do mês subsequente ao do trimestre de apuração;
  •  De apuração especial decorrente de cisão, fusão, incorporação ou encerramento de atividade, a partir do 1º (primeiro) dia útil subsequente ao do encerramento do período de apuração.

Para ter acesso a sua restituição IRPJ 2018 clique aqui.

Agora que você já está ciente sobre as informações do IRPJ 2018, aguarde o cronograma oficial e se organize com antecipação para quitar suas pendências com a Receita Federal.

Para manter nossos leitores sempre bem informados, assim que houver a divulgação de novas informações sobre o Imposto de Renda Pessoa Jurídica  adicionaremos a este post.

 

IRPF 2018: Declaração, Restituição e Tabela

Diversos brasileiros ficam ansiosos para saber mais informações sobre o IRPF 2018 e essa ansiedade aumenta quando é necessário fazer a declaração. O maior medo de todos os cidadãos brasileiros na hora da declaração é ser pego pela Malha Fina. Saiba tudo sobre o IRPF 2018 e não perca mais o sono por causa dele.

IRPF 2018
IRPF 2018

O IRPF nada mais é do que o Imposto de Renda da Pessoa Física. Esse imposto é arrecadado pelo Governo Federal.

O dinheiro arrecadado com esses impostos serve para custear diversos programas sociais do Estado. Para o Governo Federal, esse imposto é uma das principais fontes de arrecadação de dinheiro.

Nem todos os cidadãos precisam declarar esse imposto. Quem deve ou não declarar é determinado pelo governo com base nos rendimentos anuais.

Os cidadãos que forem determinados a declarar o IRPF devem apresentar ao governo a Declaração de Ajuste Anual.

Como Fazer a Declaração do IRPF 2018

Para que a sua declaração do Imposto de Renda 2018 seja fácil, nós montamos um passo a passo para você seguir. Essas informações são muito importantes e evitam qualquer transtorno na hora da declaração.

Você precisa ficar atento apenas aos prazos da declaração. Por enquanto, as declarações de 2018 não foram solicitadas pela Receita Federal ainda.

Siga esses passos para fazer a sua declaração em 2018:

  1. O primeiro passo para realizar a sua declaração é separar alguns documentos importantes como comprovantes de compra e despesas com algum bem que tenha adquirido.
  2. O segundo passo é você visitar o site oficial da Receita Federal nesse endereço e baixar um programa chamado Gerador de Declaração, conhecido também como PGD.
  3. Preencha com atenção todos os dados que forem solicitados e depois escolha o modelo da sua Declaração de Imposto de Renda que poderá ser Completa ou Simplificada.
  4. Nessa etapa final, você deverá enviar a sua declaração finalizada.


Restituição do IRPF 2018

A restituição do IRPF é o dinheiro que todo cidadão tem o direito de receber caso tenha pago imposto a mais no ano anterior. O imposto de renda é descontado na folha de pagamento de todos os cidadãos trabalhadores assalariados.

➜➜ Saiba Também Como Fazer ➜ Simulação Imposto de Renda 2018

Para fazer a declaração desse imposto, o cidadão deve usar um programa próprio que calcula o imposto a declarar.

Quem tem muitos dependentes ou despesas médicas vai ganhando descontos e, no fim, isso pode ser revertido em dinheiro a receber.

A Receita Federal, órgão responsável pelo recolhimento desse imposto, programa o pagamento de 7 lotes de restituição, que vai desde junho a dezembro.

Para consultar se você tem direito ao recebimento dessa restituição do IRPF 2018 você deverá acessar esse endereço

Preencha suas informações como CPF, data de nascimento e caracteres da imagem e aguarde o resultado.


Tabela do IRPF 2018

Até o momento, as informações sobre a tabela do IRPF 2018 ainda não foram oficializadas e divulgadas pela Receita Federal, portanto, as informações que você vai conferir a seguir são baseadas no ano anterior.

Fique de olho em nosso blog para conferir todas as atualizações e ficar em dias com a Receita!

Restituição Imposto de Renda 2018: Consulta Lotes 2018

Muitos brasileiros pagam impostos no nosso país, mas muitos ainda não conhecem muito bem a restituição Imposto de Renda 2018. Neste artigo, você vai entender melhor o que é esse imposto, o que é a malha fina e como consultar a sua restituição Imposto de Renda 2018.

Restituição Imposto de Renda 2018
Restituição Imposto de Renda 2018

O Imposto de Renda 2018 nada mais é do que um tributo que todo cidadão tem que pagar para o governo, desde que ele receba um valor mínimo por ano. Esse valor muda constantemente.

Atualmente, são obrigadas a declarar o Imposto de Renda todas as pessoas físicas residentes no Brasil e que receberam rendimentos tributáveis superiores a R$ 28.123,91 no ano anterior.      

Diversos países do mundo todo adotaram a cobrança de impostos.

Eles possuem as seguintes características:

  • Generalidade: é a característica que define que todos os contribuintes obtenham rendimentos tributáveis.
  • Universalidade: diversos tipos de rendimentos são atingidos.
  • Progressividade: quanto maior for a renda do cidadão, maior serão as alíquotas do imposto e maior será a sua contribuição ao governo.

Entenda o Que é a Malha Fina

Todos os contribuintes, entre os meses de março e abril, são obrigados a prestar contas à Receita efetuando a Declaração de Ajuste Anual do Imposto de Renda.

O nome “ajuste” foi dado justamente para que o cidadão acerte suas contas com o fisco, pagando aquilo que lhe deve.

Todos os cidadãos que pagaram impostos a menos no ano anterior deverão desembolsar uma quantia maior no ano vigente.

Os cidadãos que pagaram a mais tem o direito de receber a restituição do imposto de renda. 

Ao final de todo ano, é divulgada a lista dos cidadãos que receberão a restituição do Imposto de Renda.

Quem não estiver nessa lista, significa que caiu na “Malha Fina”, tendo suas declarações retidas para que sejam verificadas.


Aprenda a Realizar a Consulta da Restituição Imposto de Renda 2018

Consultar os lotes da restituição Imposto de Renda 2018 é muito fácil, porém, eles só são divulgados no final de cada ano.

Todo contribuinte que faz a declaração tem a possibilidade de consultar as informações sobre os valores dos impostos que precisa pagar ou ser restituído.

O pagamento da restituição é feito seguindo uma determinada ordem para que não ocorram tumultos ou divergências.

Os idosos com 60 anos ou mais, contribuintes portadores de doenças graves ou alguma deficiência física ou mental são os primeiros a receber.

Em seguida, a ordem de pagamento é determinada pela Receita Federal.

Você poderá consultar se a sua restituição Imposto de Renda 2018 está disponível nesse site

Aprenda como fazer a consulta:

  1. Acesse o link acima.
  2. Preencha as informações solicitadas: número do seu CPF, data de nascimento e caracteres da imagem.

É muito importante que você forneça corretamente:

  • O número do seu CPF completo, junto com o dígito.
  • Sua data de nascimento deverá ser preenchida com os dois números para o dia e o mês e quatro números para o ano.

Aguarde o processamento das informações e confira sua consulta.

Programa Imposto de Renda 2018: Baixar Grátis!

O Imposto de Renda é um tributo que muitos brasileiros precisam pagar. Mas você sabe como? O programa Imposto de Renda 2018 existe para facilitar a vida dos contribuintes. E aqui você vai saber tudo o sobre programa Imposto de Renda 2018.

programa Imposto de Renda 2018
Programa Imposto de Renda 2018

Imposto de Renda – O que é?

Valor descontado anualmente do rendimento dos trabalhadores. Tal valor é calculado em forma de porcentagem em cima do ganho dos contribuintes.

Todos os trabalhadores que possuem uma renda anual acima do que é indicado pelo Governo Federal é obrigado a pagar o IRPF 2018.

E aqui, você vai saber tudo sobre programa imposto de renda 2018.


 Quem é Obrigado a Pagar

Boa parte dos brasileiros são obrigados a contribuir com o que imposto de renda mas não sabem se estão dentro do quadro de pessoas aptas a pagar.

Aqui, você pode conferir a listagem:

  • Quem possua posses, bens, imóveis ou terra nua com valor total superior a R$ 300.000,00;
  • Tenha adquirido em atividade rural o valor acima de R$ 140.619,55;
  • Renda anual acima de R$ 21.123,91;
  • Renda que não foi tributada acima de R$ 40.000,00.

Quais despesas podem ser deduzidas?

Talvez no final de verificar toda sua renda e seus bens o valor a ser pago de Imposto de Renda seja alto, mas existem despesas que podem ser deduzidas, com isso o valor a ser contribuído será menor que o esperado. Veja:

  • Despesas médicas;
  • Despesas a Previdência;
  • Despesas com educação;
  • Despesas com dependentes.

Para saber mais informações, como:

  • Passo a passo para declarar e simulação Imposto de Renda e muito mais, acesse este link.

Agora vamos saber quais programas estão disponíveis para declaração do Imposto de Renda 2018 e qual o mais acessível para você.



Programa Imposto de Renda  2018 Disponíveis

Sabemos que existem muitas informações sobre o imposto de renda, mas agora nós vamos descobrir como baixar o programa imposto de renda 2018 e saber onde as pessoas que irão contribuir, poderão encontrar tais programas.

Nesses programas você vai pode declarar seu imposto de renda de forma ágil e fácil, sem precisar sair de casa, precisando apenas ter acesso a internet.

Todo programa Imposto de Renda 2018 se encontra disponível para download no site da Receita Federal.

Estão disponíveis para você os seguintes programa:

  • Computador
    Windows;
    Multiplataforma (zip);
    Outros (Mac, Linux, Solaris).
  • Dispositivo Móvel
    Android;
    iOS (Apple).
  • Certificado Digital
    Atendimento Virtual.

Programa Imposto de Renda

Todos eles estão disponíveis para download. Vamos saber um pouco mais sobre cada um deles.

Computador

O programa imposto de renda 2018 para computador está disponível para Windons, Multiplataforma e para outros sistemas, como Mac, Linux, Solaris (clique aqui).

Abaixo, você pode conferir os programas para serem baixados no computador:

  • Outros – Mac, Linux e Solaris (acesse)

Celular e Tablet

Além do programa imposto de renda 2018 para computador, existe também para dispositivos móveis, onde é possível acessar do seu smartphone e tablet.

Certificado Digital

E para quem vai realizar a declaração através do Certificado Digital é preciso ficar atento, pois é necessário preencher algumas informações.


 

Simulação Imposto de Renda 2018

Muitos sabem o que é o Imposto de Renda e para que serve, mas ainda tem dúvidas sobre a simulação Imposto de Renda 2018. Mas não se preocupe, aqui você vai saber tudo sobre a simulação imposto de renda 2018 e como fazer a sua.

Simulação Imposto de Renda 2018
Simulação Imposto de Renda 2018

Imposto de Renda 2018 

O Imposto de Renda é um valor que é descontado anualmente da renda dos trabalhadores e é pago ao governo.

O valor é cobrado em forma de porcentagem (%) e quem define o valor é o Governo Federal, que varia de acordo com o governo de cada país em que o imposto é cobrado.

O Imposto de Renda sobre Pessoa Física é obrigatório para todos os trabalhadores que possuem uma renda anual acima daquilo que é indicado pelo Governo Federal.

A Receita Federal fica responsável por recolhimento, e aqui você aprenderá sobre a simulação imposto de renda 2018.


Quem é obrigado a pagar o Imposto de Renda?

Talvez você seja obrigado fazer o pagamento e  Declaração do Imposto de Renda 2018  e não saiba, por isso, consulte as regras.

Na listagem abaixo você pode conferir se é necessário pagar ou não:

  • Rendimento superior a R$ 21.123,91;
  • Rendimentos não tributáveis com valor acima de R$ 40.000,00;
  • Caso tenha obtido em atividade rural um valor de R$ 140.619,55;
  • Caso tenha adquirido posses, bens, imóveis no valor superior a R$ 300.000,00.

Dedução Legal

Existem despesas que o contribuinte pode abrir deduzir, ou seja, deduzindo tais despesas o valor a ser pago no Imposto de Renda são reduzidas:

  • Despesas com dependentes;
  • Despesas com educação;
  • Contribuição à Previdência;
  • Despesas com médicos.

Para saber mais mais acesse Imposto de Renda 2018.


Simulação Imposto de Renda 2018 

Você que paga o imposto de renda todos os anos, já parou para pensar e entender como tal valor é calculado e quanto você paga todos os anos ao Governo Federal?

Provavelmente a resposta será: Não.

Muitos que pagam o Imposto de Renda, repassam tal quantia a Receita Federal, mas não sabem exatamente quanto é descontado e se alguns das suas despesas podem ser deduzidas.

Na simulação imposto de renda 2018 você pode fazer tudo isso.

Simular Declaração  Imposto de Renda 2018

Tal simulação imposto de renda 2018 visa ajudar o contribuinte a entender como é descontado, quanto é descontado e o valor que será pago

A Receita Federal em parceria com o Governo Federal disponibiliza para aqueles que pagam o IR o simulador do imposto, que pode ser calculado de forma mensal ou anual.

Para fazer a simulação ➜ Acesse Aqui.

A partir daqui você confere como realizar a simulação  e entender com mais facilidade:

  • Assim que você tiver acesso ao simulador da Receita Federal, irá surgir a tela com as seguintes palavras:
    “Simulação de Alíquota Efetiva”;

 

  • Após você escolherá entre “cálculo mensal” ou “cálculo anual”, como mostra na imagem abaixo:

Cálculo Mensal

  • Caso você tenha escolhido o Cálculo mensal, será necessário preencher algumas informações:

    Rendimentos tributáveis
    Deduções (previdência, pensão e outras deduções caso você possua.

  • Após preencher os campos apresentados na imagem acima você terá o terá o valor que será calculado pelo próprio sistema.

Cálculo anual

  • Caso você tenha escolhido cálculo anual para preencher, os dados a serem informados são em maiores quantidades do que o que você preencheu no cálculo mensal;

  • Após preencher todos os dados acima, você terá o valor exato, sendo possível saber quanto irá pagar.

Toda essa simulação você pode fazer acessando este link.


Para mais informações continue nos acompanhando!

Imposto de Renda 2018: Quem Deve Declarar?

Existem muitas perguntas acerca do Imposto de Renda 2018, sobre o que é, como declarar e quem deve declarar. E aqui você terá todas as informações necessárias para poder esclarecer suas dúvidas sobre o Imposto de Renda2018.

Imposto de Renda 2018
Imposto de Renda 2018

Imposto de Renda 2018 – O que é?

Antes de tirarmos todas as dúvidas restantes, precisamos saber o que exatamente é este imposto.

O Imposto de Renda 2018 é um valor que é descontado anualmente do rendimento dos trabalhadores e que é repassado para o Governo Federal.

Tal porcentagem de desconto é informado pelo próprio governo todos os anos antes do pagamento do imposto.

Apresentar tal declaração do Imposto de Renda 2018 para o governo é de caráter obrigatório para aqueles trabalhadores que possuírem um valor superior ao valor que é imposto pelo governo.


Tabela do Imposto de Renda 2018 – O que é?

Nada mais é do que uma tabela que apresenta os valores das alíquotas que são referentes ao imposto, ou seja, é a partir de tal planilha que os contribuintes irão saber a porcentagem da sua contribuição junto ao Governo Federal.

Tal tabela é modificada todos os anos, com isso, a tabela do Imposto de Renda 2018 será diferente do ano anterior.

Contudo, a tabela do Imposto de Renda 2018 ainda não foi divulgada , sendo assim, a que está em vigor é a tabela apresentada logo acima, que contém as alíquotas de contribuição.


Como posso declarar o Imposto de Renda 2018?

Já sabemos o que é o Imposto de Renda 2018 e o que são as alíquotas impostas pelo governo federal, e agora vamos saber as formas que a declaração poderá ser realizada.

Abaixo você vai poder conferir todas as formas para poder realizar sua declaração:

  • m-IRPF: um das formas é via aplicativo que pode ser instalado no seu tablet ou smartphone, levando facilidade para aqueles que irão realizar as declaração.
  • Outra forma é pelo e-CAC que pode ser acessado através do site da Receita Federal.
  • E a última forma é pelo Programa Gerador de Declaração que será necessário instalar no seu próprio computador.
    Você terá acesso ao app clicando.


Deduções Legais do Imposto de Renda 2018 

Existem despesas que podem ser deduzidas na declaração do Imposto de Renda 2018 levando assim o contribuinte a pagar um valor menor que o esperado.

Despesas que podem sofrer deduções em 2018:

  • Despesas dos dependentes: podendo chegar ao valor de R$ 2.275,00 – por dependente;
  • Despesas médicas;
  • Despesas educacionais: cada membro de uma família tem um valor de até R$ 3.561,00;
  • Contribuições para à Previdência Social e a Previdência Privada;
  • Pensão Alimentícia;
  • Dentre outros.

Confira mais e  acesse aqui .



Quem Deve Declarar Imposto de Renda 2018 ?

Para você realizar tudo que foi falado anteriormente é importante acima de tudo saber se você é obrigado a declarar.

Abaixo você vai conferir a lista das pessoas que são obrigadas a pagar, com isso saberá se é obrigado ou não.

  • Pessoas que moram no Brasil e que no ano anterior ao pagamento do Imposto de Renda 2018 teve um rendimento acima de R$ 28.123,90;
  • Declarantes que tenham tido uma soma de R$ 40.000,00 no ano anterior ao pagamento, com rendimentos tributáveis ou não;
  • Quem realizou ações na bolsa de valores;
  • Pessoas que possuírem bens e terras que somem um valor superior a R$ 300.000,00;
  • Pessoas que moravam em outro país e se mudaram para o Brasil em qualquer período do ano;
  • Contribuintes com receita bruta superior a R$ 140.619,00 conquistada através de atividade rural.

Pessoas isentas do pagamento do Imposto de Renda 

  • Pessoas que possuam doenças graves;
  • Aqueles que tenham renda de até R$ 1.903,00;
  • Pessoas que tenham:
    AIDS;
    Doença de Parkinson;
    Cegueira;
    Alienação Mental;
    Hanseníase;
    Neoplasia Maligna;
    Tuberculose Ativa;
    Fibrose Cística;
    Contaminação por Radiação;
    Nefropatia Grave.

Se enquadrando em uma das doenças acima é necessário que se procure um médico que seja ligado ao governo para que ele possa comprovar a doença.


Fomos úteis? Então pode continuar nos acompanhando que iremos atualizar com mais informações em breve.

Tabela Imposto de Renda 2018 → Alíquotas IRPF!

Muito se é falado sobre o imposto de renda, sobre seu pagamento, como fazer a declaração e várias outras informações. Mas poucas pessoas tem informações sobre a tabela Imposto de Renda 2018. E aqui você terá todas as informações necessárias sobre a tabela Imposto de Renda 2018.

Tabela Imposto de Renda 2018
Tabela Imposto de Renda 2018

Continua lendo esse post que teremos todas as informações pra vocês!


Imposto de Renda 2018

A tabela Imposto de Renda 2018 é uma taxa obrigatória para milhares de brasileiros.  

Até agora o cronograma do Imposto de Renda 2018 não foi liberado, ou seja, as datas previstas para pagamento, declaração e deduções terão que aguardar um pouco mais.

O imposto de renda é o tipo de arrecadação mais importante para o Governo Federal, pois é a partir dele que vários programas sociais e investimentos nos estados são feitos.

Milhares de brasileiros são obrigados a pagar essa taxa e quanto maior a renda do contribuinte mensalmente, maior será a contribuição para a Receita Federal. E para haver o pagamento é necessário saber a tabela Imposto de Renda 2018.



Obrigados a Declarar Imposto de Renda

Ao se falar nessa contribuição além das pessoas desejarem saber sobre a tabela Imposto de Renda 2018 é comum se ter dúvidas sobre quem é obrigado a declarar.

E nós estamos aqui parar tirar todas essas dúvidas.

Veja abaixo:

  • Pessoas que trabalham em atividade rual que obtiveram ao longo de todo ano uma receita bruta acima de R$ 140.619,55
  • Adquiriu até o dia 31/12/2017 bens sejam eles, automóveis, casas, terras nuas e que somando tudo alcance um valor acima de R$ 300.000,00
  • Pessoas que realizam algum tipo de operação na bolsa de valores
  • Rendimentos acima de R$ 28.123,91.

Cálculo da Tabela do Imposto de Renda 2018

Algumas despesas feitas pelo contribuinte ao longo do ano em vigência referente a tabela Imposto de Renda 2018 podem ser descontadas no ato da declaração, possibilitando aos contribuintes pagar um menor valor ao declarar o imposto de renda.

Existe também casos em que o contribuinte paga um valor menor de imposto do que o que deveria, e se isso ocorrer, na próxima declaração ele ser obrigado a pagar o que faltou.

E existe a possibilidade dos contribuintes realizarem o pagamento por débito automático, gerando assim, uma maior facilidade.

 


O que são as alíquotas do Imposto de Renda?

Determinado pelo Governo Federal as alíquotas da tabela Imposto de Renda 2018 é um percentual variável ou um valor fixo que deverá ser aplicado para realizar o cálculo do valor que será pago de contribuição para o governo.

A alíquotas que são determinadas na tabela são em percentual (%).

Exemplo: Se você tem um salário de R$ 1.999,18 até R$ 2.967,98 a sua alíquota de pagamento será de 7,5% e a partir disso você terá o valor a ser deduzido do IR.


Tabela Imposto de Renda 2018

Existe uma tabela Imposto de Renda 2018 que é lançada todos os anos para o contribuinte saber quanto deve deve pagar e qual alíquota em percentual.

A tabela Imposto de Renda 2018 é apenas uma planilha onde contem informações que são referentes ao imposto a ser pago e que ano após ano passa por uma atualização.

 

Infelizmente, a tabela 2018 ainda não foi divulgada, mas acima você pode encontrar a tabela do Imposto do ano de 2017.


Todas as informações que forem divulgadas pela Receita Federal sobre o calendário iremos atualizar pra vocês.

Então não perde não, e continua nos acompanhando.

Para mais informações você também pode acessar o site da Receita Federal.


 

Imposto de Renda 2018 → Como Fazer Declaração, Passo a Passo

Muitos podem não saber mas o Imposto de Renda 2018 é um imposto obrigatório que milhares de pessoas necessitam pagar. Você não sabe como declarar? Não sabe se é obrigado ou não a pagar o Imposto de Renda 2018? Aqui você irá tirar todas as suas dúvidas.

Imposto de Renda 2018
Imposto de Renda 2018

Imposto de Renda 2018

O cronograma para declarar o Imposto de Renda 2018 será liberado em breve e é importante saber todas as informações necessárias de como fazer a declaração.

Para não perder nenhum prazo e não ocorrerem prejuízos, aqui, você poderá ter acesso a quem precisa declarar, o passo a passo de como declarar e muito mais.

Contribuintes obrigados a declarar.

Não sabe se é obrigado a declarar o Imposto de Renda 2018?                                                                                                

Confira abaixo se você se enquadra nos tópicos a seguir:

  • Rendimentos tributáveis superiores a R$ 28.123,91.
  • Rendimentos que forem isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma foi superior a R$ 40.000,00;
  • Obteve, em qualquer mês do ano, ganho ao alienar bens ou direitos sujeitos a incidência do imposto, ou realizou operação na bolsa de valores;
  • Obteve ao longo do ano uma receita bruta em atividade rural um valor superior a R$ 140.619,55;
  • Teve, até o dia 31 de dezembro de 2017, uma posse, propriedade de bens ou direitos próprias, inclusive terra nua, um valor superior a R$ 300.000,00.

    Formas de Declarar Imposto de Renda 2018

Tá com dúvidas das formas que você pode declarar seu Imposto de Renda 2018? A seguir, diremos quais as opções de formas de declaração do seu imposto:

  • PGD: Programa Gerador de Declaração, que dever instalado no seu computador;
  • Você pode ter acesso nesse link;
  • m-IRPF: Aplicativo que é indicado para declarar via tablets e smartphones;
  • e-CAC: acesso pelo site da Receita Federal, com certificado digital.Imposto de Renda 2018

Deduções Legais do IR 2018

E o que seria essa tal dedução fiscal?

Os contribuintes podem abrir mão de várias deduções legais, ou seja, abrindo mão dessas deduções o impacto do imposto de renda 2018 no bolso dos declarantes é reduzido de forma considerável.

As deduções legais ajudam a reduzir a base de cálculo do imposto diminuindo o valor a ser pago.

Confira a seguir a lista do que pode ser deduzido:

  • Despesas com dependentes: 

O valor anual permitido é de R$ 2.275,08 por dependente.

  • Despesas com educação

Limite individual permitido por ano para cada membro da família é R$ 3.561,00, sejam elas com creche, educação infantil, fundamental, ensino médio, cursos superiores, especialização e profissionalizantes.

  • Despesas médicas

Podem ser deduzidas integralmente, desde que estejam relacionadas ao tratamento próprio ou de dependentes.

  • Contribuição à Previdência

Os contribuintes podem deduzir sem limites todas as contribuições feitas à previdência social.

  • Contribuição à Previdência dos empregados domésticos

Os valores que serão pagos de Contribuição Patronal à Previdência Social do empregado doméstico devem por obrigação ser deduzidos do imposto devido, obedecendo aos limites que são definidos por lei.



Existe multa para quem não declara o Imposto de Renda 2018?

Sim, existe! A multa equivale a 1% ao mês-calendário ou por fração de atrasos, que é calculada sobre o total que o contribuinte irá pagar de imposto que foi gerado e apurado na sua própria declaração.

  • O valor mínimo a ser pago é de R$ 165,74;
  • Valor máximo chega a 20% sobre o seu imposto de renda.

    Como Declarar o Imposto de Renda 2018

    Passo a passo

Tem dúvidas sobre o passo a passo de como declarar o Imposto de Renda 2018?

Não precisa se preocupar que ensinaremos pra vocês.

O cronograma com as datas da declaração do Imposto de Renda 2018 ainda não foram divulgadas, por isso, as próximas imagens são referentes ao imposto de renda anterior, mas as informações do passo a passo são as mesmas.

  • No primeiro passo é necessário acessar o site oficial da Receita Federal:
  • Em seguida vá no canto inferior da tela do lado direito;

  • Após seguir o passo anterior você clicará na opção para realizar o download do programa para preenchimento dos dados da declaração do Imposto de Renda 2018:

  • Em seguida, você precisa escolher sua opção de download: para computador, tablets ou dispositivos móveis:

  • E após realizar os passos indicados acima e ter em mãos o download do programa, basta preencher os dados e declarar seus Impostos de Renda.

Fale com a Receita Federal

Para obter mais informações você também pode entrar em contato com a Receita Federal:

Telefone ReceitaFone:

146 ou (11) 3003-0146

E não se esqueça, continue nos acompanhando que iremos atualizar todas as informações assim que mais dados foram liberados pela Receita Federal.

Imposto de Renda 2018